27 de November de 2019

Visitas ao BMW Welt (Mundo BMW) e às startups Urmo e Atlas Aero mostram que o futuro bate à porta

Engana-se quem pensa que o futuro é uma grande incógnita. A viagem anual proporcionada pelo Futuro Rent a Car, campanha da Mobility, prova que já é possível saber o que vem por aí quando o assunto é mobilidade.

Carros voadores e/ou que se autocontrolam, por exemplo, estão saindo do papel e devem chegar às ruas e aos ares das principais cidades do mundo em breve.     
  
Em visita ao BMW Welt (Mundo BMW), os participantes do Futuro Rent a Car 2019 foram recebidos por Alejandro Vukotich, vice-presidente de desenvolvimento de veículos autônomos da empresa, que explicou um pouco sobre os projetos de tornar os carros cada vez mais independentes. É o futuro tomando forma hoje.

Alejandro explicou que há cinco níveis de automação de veículos (L1, L2, L3, L4 e L5), e que, até 2021, a montadora lançará um carro entre os níveis L3 e L4. Isso significa que o condutor será solicitado para monitorar os movimentos do automóvel apenas em situações extremas e adversas. Atualmente, nenhum modelo desse tipo é comercializado no mundo, mas 1.800 engenheiros trabalham com Vukotich no desenvolvimento do projeto denominado “Inext”.

Suelen Miura, agente de viagem da Rodojet, contou que a experiência na BMW a fez perceber que o futuro está muito mais próximo do que ela imaginava. “No geral, a preocupação com a questão de sustentabilidade, os carros híbridos e os elétricos já são realidade, mas não fazia ideia que havia tantos modelos e cada vez mais modernos”, comenta.

Para Fabiano Souza, gerente de lazer da Maringá Turismo, a visita ao museu o permitiu reviver o passado e conhecer as verdadeiras relíquias que marcaram a história do automobilismo no mundo e, ao mesmo tempo, conhecer o futuro, por meio da apresentação feita pelo executivo da BMW sobre o desenvolvimento de carros autônomos. “Eles estão muito além do que eu imaginava! Ficamos sabendo de informações que muitas pessoas do ramo não sabem. Foi realmente incrível”, ressalta.

Muito além dos veículos tradicionais

Outra experiência proporcionada aos participantes na viagem foi a visita à incubadora de startups Azo, onde descobriram as novidades da Urmo e da Atlas Aero, duas startups do segmento de mobilidade.

Na ocasião, os participantes puderam saber detalhes sobre o projeto da Urmo, que visa solucionar problemas de mobilidade de pequenas distâncias urbanas. A empresa criou um “veículo elétrico em miniatura” que, além de pesar apenas 7 quilos, consegue andar 18 quilômetros por hora com bateria que pode ser completamente carregada em apenas duas horas. 

O grupo conheceu também o projeto da Atlas Aero, que trabalha com o mercado de decolagem vertical. Segundo o executivo da empresa, o primeiro carro já está sendo construído e, em abril do próximo ano, deverá acontecer o voo teste. Já o início das vendas está previsto para 2025. Fabiano frisou que o que mais lhe chamou atenção foi o fato de a Alemanha estar antenada no que diz respeito a ideias para um mundo mais ecológico.

 Suelen, também se surpreendeu com os avanços nessa área. “Mudou minha forma de pensar sobre a questão de sustentabilidade e mobilidade. Não fazia ideia de como a tecnologia está tão avançada”, comenta ela.

Para Fabiano, experiências assim o ajudam a enxergar novas possibilidades no que diz respeito aos serviços que serão apresentados ao consumidor. “Daqui em diante, é preciso perguntar como o cliente quer se locomover durante a viagem. Em um futuro próximo, ele poderá escolher entre um carro com decolagem vertical ou um carro sem a necessidade do motorista”, completa.
Deixe um comentário: